Dinossauro barbudo teme a própria extinção

O último sobrevivente da espécie, um dinossauro barbado brasileiro,  está apavorado com a possibilidade de nunca mais sair do cativeiro. O problema surgiu depois dos estragos que  ele fazia, devorando verdinhas.
Quando estas verdinhas, que alimentavam os seus vorazes bandos, começaram a escassear, eles acabaram presos em um lodaçal, o que causou o afundamento do bando. 
A espécie era considerada extinta há milhões de anos. Mas este foi achado vivo, e muito vivo, no Brasil. E  mostrou ser bom de bico e extremamente voraz.
Com o último deles, agora caçado, milhares de seguidores do bicho vão às ruas para tentar salvá-lo. E até pensam em clonar o barbudo para tentar povoar novamente o país.

 

 

 

 

 

José

De la Vila

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *