ALTA NA VENDA DE SENTENÇAS JUDICIAIS PRESSIONA INFLAÇÃO

A inflação voltou a disparar em razão dos altos valores que estão sendo cobrados nas vendas de sentenças judiciais. Este item já está pesando mais que a alta do tomate. A previsão é de que a inflação logo volte a taxas de 86% ao mês, que foi o principal realização apresentada pelo governo emedebista de José Sarney.

Os valores cobrados em vendas de sentenças são justificados pela necessidade de enriquecimento ilícito de certas raposas de terno, designadas para cuidar de galinheiros. E também pelo alto custo de representação, com prédios majestosos e vida de alto padrão, para representar autoridade, e teatralizar a existência da justiça, em um país mergulhado na injustiça.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *